5º ano traz grupo de danças folclóricas alemãs de Três Arroios ao Barão

5º ano trabalho de história (10)As apresentações dos trabalhos do 5º ano do Barão, focados nas etnias mais numerosas no processo de imigração europeia para o Brasil, foram uma verdadeira festa da transmissão do conhecimento. A continuidade do projeto “Raízes do Brasil”, da disciplina de História, ministrada pela professora Kelly Casagrande, contou com a apresentação de trabalhos sobre alemães, italianos, poloneses, portugueses e espanhóis, etnias que tiveram significativa importância na substituição da mão de obra escrava, abolida em 1888.
Através de comidas típicas, teatros e caracterizações, os estudantes enfatizaram, nesta segunda-feira (26), a importância desses grupos étnicos para a urbanização brasileira e também as suas contribuições culturais, que persistem até hoje. Os estudantes responsáveis pela apresentação da etnia alemã, convidaram o grupo de danças folclóricas alemãs de Três Arroios para enriquecer o trabalho.
A apresentação do grupo de Três Arroios, no auditório da escola, foi apreciada também pelas turmas do 6º e 7º anos. Ao final, todos foram convidados a entrar na dança, aprendendo alguns passos com o grupo. “Somente é feliz o povo que sabe perpetuar na posteridade os usos e costumes de seus antepassados, pois um povo que conhece seu passado e é consciente de sua responsabilidade é um povo imortal”, destacou a professora que organiza e ensaia o grupo, Aline Kunrath.
A professora Aline Kunrath explica que o grupo de danças folclóricas alemãs de Três Arroios atualmente faz parte das oficinas do CRAS da Assistência Social e Secretaria Municipal de Saúde e, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Desporto, em 2014 iniciou suas atividades como parte integrante das oficinas terapêuticas de saúde mental. O grupo conta hoje com 30 crianças e jovens na faixa etária de 6 a 14 anos e é dividido nas categorias infantil e juvenil, realizando apresentações no município, em ocasiões especiais e sempre que convidado. “Sabe-se que as raízes de Três Arroios estão na imigração alemã e a proposta do Grupo é a de ressaltar a cultura de seus antepassados e preservar as tradições, além do orgulho de sua origem e o sentimento de pertencimento a história do município”, complementa a professora Aline.
Após a apresentação, o grupo de danças folclóricas e a turma do 5º ano do Barão tomaram um café juntos, finalizando esta fase dos trabalhos. No entanto, a professora de História anuncia que haverá novidades no projeto “Raízes do Brasil”. “Nos próximos dias, será iniciada uma nova etapa, na qual vamos estudar um pouco mais sobre a história dos escravos que foram obrigados a sair do seu continente, a África, para trabalhar de maneira forçada no Brasil. Vamos conhecer um pouco mais da riqueza cultural desse maravilhoso continente”, assegura a professora Kelly.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *