Barão festeja 88 anos

Barão 88 anos - parte 1 (5)No terreno, onde até hoje se encontra a Paróquia de Jesus Cristo, da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, o então Reverendo anglicano Alberto Blank construiu pelas próprias mãos a primeira capela de madeira de Erechim. Dentro desta capela, no dia 1º de agosto de 1929, Blank ministrou a primeira aula da escola primária da cidade, dando início a história do Instituto Anglicano Barão do Rio Branco.
Neste 1º de agosto, 88 anos depois, a fim de festejar o aniversário da escola, a comunidade educativa foi convidada a participar de uma série de atividades comemorativas. Os estudantes, do Maternal ao 4º ano do Ensino Fundamental, em conjunto com as famílias, fizeram cartazes homenageando o Barão. O carinho dos estudantes e suas famílias está visível a todos, já que os cartazes foram expostos na parte externa da escola. Ao longo do dia, alunos de todos os níveis entoaram o clássico “Parabéns pra você”. Direção, professores, funcionários confraternizaram com os bolos de aniversário ao longo dos intervalos. “Nós só temos a agradecer a todos pelo trabalho e dedicação na construção e consolidação desta escola que é referência em qualidade, sempre alicerçada na família, no trabalho e na fé”, enfatizou o grupo gestor da escola.Barão 88 anos - parte 1 (29)
Além das atividades desta terça-feira, ao longo do mês uma contagem regressiva envolveu os 30 funcionários em atividade mais antigos da escola, cujas homenagens foram compartilhadas no Facebook do Barão. “Em 32 anos de trabalho o Barão se tornou mais do que minha casa. A escola faz parte da minha vida, nossas histórias se confundem. Estou há muito mais tempo aqui do que em qualquer outro lugar e sinto um orgulho muito grande desta trajetória. Fui aluna do Barão no Médio Técnico, no Ensino Superior e também me formei como pessoa: tudo o que aprendi foi aqui dentro. Já vi tantas pessoas passarem por aqui e concluírem seus estudos, da mesma forma que o meu filho se formará no Ensino Médio, no final do ano. No Barão cresci, amadureci, formei família e continuo aprendendo, todos os dias”, disse Marli Salete Mariga Dariva, colaboradora mais antiga do Barão.

Barão 88 anos - parte 1 (64)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *