Em experimento da turma 2AE, estudantes do Ensino Fundamental enxergam pessoas e carros invertidos

Duas turmas do 2º ano, uma do Fundamental a outra do Médio e uma experiência que poderia ser mágica, se não fosse Física. Na tarde desta quarta-feira (9), os estudantes da turma 2AE do Instituto Anglicano Barão do Rio Branco (IABRB) apresentaram suas câmaras escuras a turma do 2º ano do Ensino Fundamental: através destas “engenhocas”, os pequenos puderam ver os carros e pessoas que passavam pela Avenida virados de cabeça para baixo. A explicação para o fenômeno é encontrada dentro do conteúdo de óptica, no estudo sobre a luz. Na disciplina de Física, ministrada pela professora Cláudia Seibt, a turma do Ensino Médio compreendeu que a luz se propaga em linha reta e que na nossa retina todas as imagens se formam invertidas, cabe ao cérebro fazer a interpretação normal das imagens e nem notamos a inversão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *