Instituto Anglicano Barão do Rio Branco

Instituto Anglicano Barão Do Rio Branco

Faculdade Anglicana de Erechim

Faculdade Anglicana de Erechim

  • Portais
  • Ensino
  • Pesquisa e Extensão
  • Biblioteca
  • Instituição
  • Portais

  • [su_spoiler title="A EDUCAÇÃO POLÍTICA DO MARAJÓ NO ROMANCE: DALCÍDIO JURANDIR E WALTER BENJAMIN DESDE UMA LEITURA TEOLÓGICA" style="fancy" icon="chevron-circle"]

    Antonio Carlos Teles da Silva

    Este artigo propõe uma releitura da região a partir do olhar do romancista marajoara Dalcídio Jurandir (1909-1979) e perceber a convergência entre sua percepção e o pensamento crítico de Walter Benjamin (1892-1940). Propomos reler a história da Amazônia e mais especificamente do Marajó à contrapelo, ou a partir dos seus avessos e com isso nos identificamos com a principal intuição da teologia Latino-Americana de opção preferencial pelos pobres e marginalizados. Tal releitura se coloca como fundamental tanto para o pensar teológico, como para a educação política e a cultura comprometidas com a cidadania ética, com preservação ambiental e defesa das tradições culturais historicamente invisibilizadas.

    Artigo Antonio Carlos Teles da Silva[/su_spoiler]

    [su_spoiler title="A UNIVERSIDADE COMO MECANISMO DA CONSTRUÇÃO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL" style="fancy" icon="chevron-circle"]

    Edson Luiz Cogo

    O ensino superior e o desenvolvimento regional são áreas que se interpenetram, certamente pela experiência de cidades e/ou bairros universitários que se formaram respectivamente em municípios de grande e pequeno porte. O objetivo é caracterizar a estrutura das diferentes instituições de ensino superior e o impacto das universidades no desenvolvimento regional com ênfase no econômico e social.

    Artigo Edson Luiz Cogo[/su_spoiler]

    [su_spoiler title="GESTÃO PÚBLICA: UM NOVO PARADIGMA GERENCIAL" style="fancy" icon="chevron-circle"]

    Tatiane Patrícia Laquimia, Edson Casarão da Silva, Antonia Angelina Basanella Utzig

    O presente artigo tem por objetivo abordar o tema administração pública x gestão pública e as mudanças de paradigma ocorridas no decorrer da evolução do estado. Parte-se da premissa de que gerir é algo que difere de administrar, implicando mudanças de paradigmas conceituais teóricos e pragmáticos. A palavra “Administração” permanecerá ligada à idéia da teoria clássica e suas funções: planejar, comandar, controlar, coordenar e organizar, significa maior rigidez no ato de administrar. A palavra “gestão” designa trabalhar com a participação social, utilizando-se de um novo método administrativo, recomendando uma gestão pública democrática, capaz de dar um novo rumo a sociedade. O problema reside nos obstáculos, sendo a burocracia um destes. Nesse sentido é natural que todos aqueles que administram prestem contas ao restante da sociedade. É direito de todos os administrados por deterem a legitimidade de escolha dos administradores controlarem a administração, exigindo que o bem público seja finalisticamente usado somente para atendimento do interesse público. É preciso possibilitar que a tomada de decisões seja feita por todos, com iguais oportunidades, o que ocasionará a racionalização de recursos e a redescoberta da cidadania em cada um, levando a um maior comprometimento com o social.

    Artigo Tatiane Patrícia Laquimia, Edson Casarão da Silva, Antonia Angelina Basanella Utzig[/su_spoiler]

    [su_spoiler title="PROGRAMA DE MELHORIA DO PROCESSO DE SOFTWARE BRASILEIRO (MPS.BR): Um estudo de caso sobre a aplicação do nível G em uma empresa de desenvolvimento de software" style="fancy" icon="chevron-circle"]

    Cheila Graciela Gobbo Bombana, Gema Luciane Agliardi

    Na realidade atual das micro, pequenas e médias empresas de desenvolvimento de software, qualidade é um fator diferencial para se ganhar vantagem competitiva, além de garantir o bom desempenho dos produtos de software comercializados. A necessidade urgente de melhorar a qualidade dos produtos e serviços de uma empresa de desenvolvimento para atingir suas metas de crescimento é o fator determinante que motivou esta pesquisa. Este trabalho apresenta uma análise bibliográfica introdutória baseada em Qualidade de Software e Modelos de Maturidade. Em seguida, descreve o diagnóstico, o plano de melhoria do processo de software e os primeiros resultados adquiridos com a implantação, utilizando o nível G (Parcialmente Gerenciado) do MPS.BR (Melhoria de Processo do Software Brasileiro) em uma empresa de desenvolvimento de software de pequeno porte. Os objetivos inicialmente propostos foram alcançados, através da análise dos processos de desenvolvimento de software da empresa, identificação das mudanças necessárias para se enquadrar ao padrão de desenvolvimento Parcialmente Gerenciado, e por fim, a avaliação dos custos e benefícios que a implantação do projeto de melhoria proporcionou a empresa.

    Artigo Cheila Graciela Gobbo Bombana, Gema Luciane Agliardi[/su_spoiler]

    [su_spoiler title="INCLUSÃO EDUCACIONAL: Um olhar sensível em relação à Bi docência" style="fancy" icon="chevron-circle"]

    Janaina Vargas Dutra Ferreira, Maria Salete de Moura Torres

    A presente pesquisa teve como foco Bi docência e seu papel no âmbito escolar, sua função e principalmente buscou relatar os desafios e conquistas com que as profissionais nela envolvidos se deparam diariamente em sala de aula. O trabalho foi estruturado em temas assim distribuídos; Na primeira seção, o relato da história da “Inclusão Educacional”; na segunda seção, o “ Processo de Ensino-Aprendizagem na Educação Inclusiva”; em seguida, na terceira seção, aborda-se o tema “Desafios da Bi docência na Prática Pedagógica”, com ênfase às colocações das entrevistadas. Nas considerações finais, ocorreu a análise do trabalho realizado e a conclusão que a pesquisa proporcionou, elencando fatores visíveis que fazem com que a Bi docência seja reconhecida como um trabalho desafiador, sério e indispensável para a inclusão de estudantes que não possuem autonomia de vida no ensino comum, assim como, para que sua função seja compreendida e respeitada por todos. ]

    Artigo Janaina Vargas Dutra Ferreira, Maria Salete de Moura Torres[/su_spoiler]

    [su_spoiler title="Educação e Trabalho: agentes transformadores da realidade" style="fancy" icon="chevron-circle"]

    Fabrício J. Brustolin, Vinicius Drey

    O presente artigo pretende levantar algumas interrogações acerca do conceito de trabalho frente as novas políticas educacionais para o Ensino Médio, propostas pela Secretaria da Educação do Estado do Rio Grande do Sul baseadas em uma corrente teórica marxista que supervaloriza a relação entre a escola e o trabalho. A premissa desse artigo consiste em discutir o propósito e as possíveis consequências dessas medidas, que destacam a interdisciplinaridade e a inserção no mercado de trabalho. E, a partir dessa discussão propor uma análise dialógica entre o projeto gaúcho, a LDB de 1996 e a Escola do Trabalho de Pistrak, pensada e colocada em funcionamento no contexto pós-Revolução Russa de 1917. A ousada proposta teria como elemento principal de análise a relação entre a escola e o trabalho e suas relações com a sociedade contemporânea.

    Artigo Fabrício J. Brustolin, Vinicius Drey[/su_spoiler]